Planilha de Controle de Vendas – (Download)

Para elaborar uma planilha de vendas é necessário, primeiro, você saber exatamente o que vai controlar com a referida planilha. Basicamente, todas possuem o mesmo formato, mas ela pode ser direcionada para diversos objetivos.

download

Podemos criar uma planilha elaborada comparando o planejado e o realizado, podemos criar uma planilha que contenha vendas a prazo com os cálculos devidos para cobrança de juros e a divisão em parcelas, ou podemos, num pequeno comércio, trabalhar com uma planilha que apenas apresente valores de vendas calculando a comissão de vendedores e fazendo um resumo para a mesma.

Neste artigo vamos mostrar como montar uma planilha mais simples, onde queremos apenas o cálculo de comissões diferenciadas para vendas à vista ou a prazo, com o respectivo resumo mensal.

Montando a planilha de vendas

Primeiro precisamos criar o cabeçalho, para saber quais informações queremos colocar na planilha. Aqui, vamos inserir em cada coluna os títulos devidos: Data, número do documento (Nota), Histórico (mercadoria vendida), Valor (total), condição de pagamento (V para vista e P para prazo), Desconto, valor Líquido, nome do Vendedor, percentual de Comissão e Valor da Comissão.

ANÚNCIO

1 - planilha de vendas

Seu próximo passo é formatar cada coluna com o formato necessário, para que não tenha que repetir o processo na hora de inserir os dados. Você deve formatar a Data no formato que desejar, a Nota como Número Geral, as colunas de Valor, Líquido e Valor da Comissão como Moeda e as colunas Desconto e % Comissão como Percentual. O processo é simples: clique no nome da coluna com o botão direito e escolha Formatar > Número.

2 - planilha controle de vendas

Como próximo passo, vamos formatar com cores cada coluna, podendo você escolher as cores que achar melhor. O colorido das colunas facilita a inserção de dados, alertando automaticamente quem está trabalhando com a planilha, evitando erros de digitação. Lembre-se que as colunas estão formatadas de forma diferente e a inserção, por exemplo, de um percentual numa coluna de valor vai mostrar logo o erro de digitação.

Deixe a última linha para os cálculos de vendas e comissões, você vai precisar disso para conferir. Como detalhe visual, faça a mesclagem centralizada da primeira linha em todas as colunas da planilha e da linha Totais nas três primeiras, que não utilizam valores para somas.

3 - acompanhamento de vendas

Criando fórmulas na planilha de vendas

Agora, vamos às primeiras fórmulas. Você vai precisar ter o total de vendas, o total de valor líquido e o total de comissões. Assim, na última linha da planilha, escolha a função SOMASE para cada uma dessas colunas e selecione as linhas acima dela para que busque esses valores.

Veja abaixo como fica a fórmula e, tracejado em azul, as células contidas na fórmula SOMASE.

4 - controle diário de vendas

Vamos supor que a empresa oferece sempre um desconto de 5% quando a venda é à vista, e nenhum desconto quando é a prazo. Você pode criar uma fórmula que faça automaticamente esse cálculo, simplesmente especificando se a condição de venda.

Vamos usar, para isso, a função SE, estabelecendo a condição de que, se a venda for à vista, o desconto será de 5% e, se a venda for a prazo, nenhum desconto, ou ZERO. Feita a fórmula na primeira célula da coluna Desconto, é só copiar para todas as outras da mesma coluna.

5 - planilha de vendas completa

Agora vamos procurar o valor líquido, se houver algum desconto. Na coluna Líquido, escreva a fórmula que aparece na figura abaixo. Ela é simples: você vai pegar o valor da venda (D3) e deduzir o valor do desconto (D3*F3). Utilizando as regras matemáticas, é claro, já que o Excel respeita essas regras.

6 - controle de vendas

Vamos complicar um pouquinho a função SE na coluna % Comissão só para que você veja que o Excel possibilita diversas maneiras de se criar fórmulas. Aqui, vamos estabelecer que, se a venda for à vista e houver na coluna E a letra V, de Venda à vista, a comissão do vendedor é de 10%; se houver a letra P, de Venda a prazo, a comissão será de 5% e, finalmente, se não houver nada, também não vai aparecer nada nesta coluna.

Para que nada apareça na coluna, é só colocar como último argumento um espaço em branco, entre aspas (“  “). Preste atenção também nos parênteses: é preciso colocá-los sempre que houver novo argumento e fechar com o mesmo número de parênteses abertos na fórmula.

Veja a função SE estendida, utilizando mais de um argumento:

7 - planilha vendas 2

Agora, veja a última fórmula da planilha: o cálculo da comissão do vendedor. Como deixamos a planilha % Comissão em branco, o Excel não é capaz de reconhecer e retorna um erro de valor (#VALOR!). Se deixarmos a fórmula simplesmente como multiplicação do Líquido vezes o % Comissão e nesta coluna nada houver, o Excel não reconhece.

Recorremos, então, novamente à função SE, estabelecendo o critério de mostrar ZERO se na coluna % Comissão nada houver, e calculando, se houver algum número:

8 - vendas

Sua planilha de controle de vendas está pronta. Agora, é só fazer os lançamentos. Você vai lançar a Data, a Nota, o Histórico, o Valor e o nome do Vendedor. O resto o Excel faz para você, inclusive o total da planilha.

9 - vendas 2

Esta planilha é apenas um modelo que pode ser utilizado como exemplo. Desta podemos montar outra, resumindo todos os cálculos de comissões dos empregados e valores de vendas de itens, separadamente.

CLIQUE AQUI para acessar a página de download de todas as planilhas disponíveis.

.
ANÚNCIO