Cálculo de Juros Compostos no Excel

Aprender a calcular juros compostos no Excel é muito útil para quem deseja ter um maior controle sobre a vida financeira. Essa funcionalidade permite que sejam calculados os juros tanto de dívidas, quanto de investimentos.

Sendo assim, trata-se de uma forma de planejar os gastos de modo a evitar desequilíbrios no orçamento. Ademais, entender como calcular taxa de juros compostos no Excel é muito útil também para quem deseja ganhar dinheiro.

Com o intuito de falar mais sobre o assunto, explicamos como é possível fazer uma planilha com juros compostos e disponibilizaremos uma calculadora de juros compostos gratuitamente para você. Mostramos ainda o que são esses juros e como eles são calculados. Confira!

COMO É FEITO O CÁLCULO DOS JUROS COMPOSTOS?

Também conhecido como juros sobre juros, o juros composto costuma crescer a cada mês.

Isso ocorre porque eles são calculados levando em consideração não somente os valores sobre os quais incidem, mas também os juros cobrados anteriormente.

ANÚNCIO

Logo, eles funcionam de maneira contrária aos juros simples, que apresentam sempre valores fixos.

Quanto ao cálculo dos juros compostos, ele envolve pelo menos quatro variáveis.

Estas são o capital inicial, o valor percentual da taxa de juros e o tempo da aplicação.

Para que se tenha o valor do montante resultante, basta multiplicar o capital com a soma da taxa de juros praticada mais 1, elevados esses dois últimos termos ao tempo da aplicação.

A fórmula fica assim: F = P.(1 + i)n

Onde:

F = valor futuro (muitas vezes chamado de M ou “montante”)
P = valor presente (muitas vezes chamado de “principal”)
n = número de períodos (em dias, meses, anos, … dependendo do contexto)
i = taxa de juros (normalmente na forma percentual)
J = juros

 

Mas quais instituições costumam praticar esse tipo de juros? É muito comum que eles sejam cobrados por operadoras de cartão de crédito e bancos.

Por isso, o cálculo de juros compostos pode ocasionar uma dívida impagável, haja vista que o crescimento exponencial do valor devido pode por o orçamento em risco.

No entanto, esses juros também são praticados em investimentos feitos em produtos oferecidos no mercado financeiro.

Nesse caso, os juros incidem sobre o valor investido como um rendimento a ser recebido pelo investidor.

CONSTRUINDO UMA PLANILHA COM JUROS COMPOSTOS:

Existem pelo menos duas formas de se calcular os juros compostos no Excel. A seguir, explicamos cada uma delas.

Primeira forma

Pode-se criar uma planilha de juros compostos a partir da função PGTO. Para isso, é preciso primeiramente colocar os dados envolvidos no cálculo nas respectivas colunas.

Esses dados são o capital, o tempo da aplicação em meses e a taxa percentual de juros, vamos usar como exemplo um capital de R$ 1000,00 com 10 meses de prazo a uma taxa de 2%. Essas informações correspondem às células A1, B1, e C1 respectivamente.

Cálculo de Juros Compostos no Excel

Aqui neste pequeno exemplo iremos fazer de uma forma bem simplificada para você entender como são calculados os juros compostos, e no final do artigo você poderá baixar uma planilha já pronta com o cálculo.

Em seguida, iremos utilizar a função PGTO na célula D2 e definir as células na janela “Argumentos da Função”.

Cálculo de Juros Compostos no Excel

O valor total do montante pode ser obtido mediante a utilização da função VF conforme imagem a seguir:

Cálculo de Juros Compostos no Excel

Segunda Forma para Calcular os Juros Compostos

Pode-se também calcular os juros compostos no Excel sem recorrer à função a que nos referimos.

Nesse caso, basta que se crie uma planilha de juros compostos com o capital, a taxa e o prazo considerado em meses. Esses dados devem ser colocados nas células da coluna B.

Em seguida, deve-se aplicar a fórmula =B1*(1+(B2/100))^A4 na célula B4 para cálculo do primeiro mês.

O mesmo deve ser feito nas células seguintes para que se possam calcular os meses restantes.

CALCULANDO OS JUROS COMPOSTOS DE MANEIRA SIMPLES E RÁPIDA

À vista do que foi dito, podemos concluir que o Excel permite o cálculo simples tanto dos juros das dívidas quanto daqueles que advém de investimentos.

De fato, o cálculo de juros compostos fica muito mais simples com as ferramentas disponíveis no Excel. Com a aplicação correta das fórmulas , podem-se fazer os cálculos de maneira automática.

Para fazer o download da Calculadora de Juros Compostos criada neste artigo CLIQUE AQUI!

 

E você, tem alguma sugestão ou idéia sobre o cálculo de juros compostos no Excel? Comente!

ANÚNCIO