Google+

Como criar Caixa de Seleção no Excel

O Excel pode nos fornecer algumas ferramentas para trabalho com cálculos nas planilhas que nos permite ativar ou desativar um determinado valor, calculando ou não uma fórmula específica conforme a situação apresentada para algum processo.
Uma das ferramentas é a caixa de seleção que, se selecionada pode apresentar um cálculo e, se não selecionada, deixa de calcular a fórmula que montamos.
Vamos entender melhor o processo utilizando um pequeno modelo de cálculo de impostos, podendo ou não calcular o valor dependendo da situação da venda.
Para isso, criamos a planilha da figura abaixo:
13 Seleção 01
Perceba que já temos a planilha pronta, com o valor de um produto e uma quantidade. Para facilitar, já mostramos também o cálculo feito multiplicando o produto pela quantidade, para que tenhamos um Subtotal, como mostra a fórmula na célula destacada: F1*F2.
O que precisamos, nesta planilha, é calcular ou não o valor do ICMS e do IPI, que são, respectivamente, 18% e 10% sobre o valor do Subtotal.
Como ficaria complicado criar uma fórmula específica para esse cálculo e, de qualquer maneira, iríamos precisar de um outro parâmetro para ele, definindo se deve ou não ser feito, vamos facilitar as coisas e criar uma caixa de seleção.
Essa caixa de seleção, quando ativada, irá fazer o cálculo do imposto e, desativada, deixará o valor em branco.
Como criar a caixa de seleção
Em primeiro lugar, se a sua Guia Desenvolvedor não estiver habilitada, você deve fazer isso, deixando-a visível na barra de guias:
Clique na guia Arquivo e, em seguida, em Opções do Excel.
13 Seleção 02
Na janela que se abre, marque a seleção Mostrar Guia Desenvolvedor na Faixa de Opções (se estiver trabalhando com o Excel 2010, clique em Personalizar Faixa de Opções e, em seguida, selecione a guia Desenvolvedor). Depois clique em OK:
13 Seleção 03
Para inserir a caixa de opções, clique na guia Desenvolvedor, que agora está disponível e, em seguida, no botão Inserir. Escolha a caixa de seleção:
13 Seleção 04
Arraste a caixa de seleção para desenhar o objeto na planilha, na célula anterior ao primeiro processo que iremos calcular, ou seja, o ICMS. Em seguida, faça novamente o mesmo processo, colocando outra caixa de seleção na célula anterior ao segundo processo, ou seja, o IPI:
13 Seleção 05
Quando você cria a caixa de seleção, ela aparece com uma tarja ao redor, conforme a figura abaixo:
13 Seleção 06
Clicando com o botão direito do mouse sobre a caixa, aparece a janela de opções, onde você poderá fazer as alterações necessárias. Poderíamos, por exemplo, editar o texto e colocar ali o título do imposto que pretendemos calcular, mas como estamos fazendo isso na própria planilha, basta que você apague o texto, deixando apenas a caixa de seleção.
Vamos, então, configurar a caixa de seleção. Clique novamente com o botão direito sobre ela e em seguida clique em Formatar Controle:
13 Seleção 07
No quadro Vínculo do Objeto, escolha a célula A1 para a caixa de seleção ICMS e A2 para a caixa de seleção IPI. Veja bem que estas células não poderão ser utilizadas para qualquer outro processo que você fizer, devendo ficar limitada aos vínculos que criou para cada caixa de seleção.
Deixe a opção Valor como Não Selecionado. Você verá que, depois de configuradas, as células apresentarão VERDADEIRO quando a caixa de seleção estiver marcada e FALSO quando estiver desmarcada.
Agora, vamos criar a fórmula que precisamos para ter o valor do ICMS:
13 Seleção 08
Preste agora atenção na fórmula e veja a caixa de seleção do ICMS marcada: estou pedindo ao Excel que, se a célula A1 contiver a palavra VERDADEIRO, o cálculo deverá ser feito com a célula F3 (Subtotal, aqui com o valor de R$ 2.000,00) multiplicado pelo valor do imposto (18%). Se você quiser, poderá também colocar aqui a célula E4, onde está a taxa de imposto, podendo alterar esta célula conforme for o valor do imposto, como vamos mostrar na próxima figura:
13 Seleção 09
Como você pode ver, nesta fórmula só fizemos alterar o percentual pela célula (neste caso, E5. Se o percentual do IPI for outro, é só alterar esta célula, sem precisar mexer na fórmula.
Para encerrar, basta inserir na célula F6, onde está o Total, a soma dos valores das células anteriores: F3+F4+F5, ou SOMA(F3:F5), como você preferir.

email
Updated: 29/04/2015 — 20:29

2 Comments

Add a Comment
  1. Ótimo, me ajudou muito.

  2. Muito obrigado, ajudou bastante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Excel Prático © Todos os direitos reservados. 2014 - 2017